sexta-feira, 29 de abril de 2011

Série de desenhos para campanha de ajuda do proFASC










Já fiz um série de 14 desenhos vou explorar mais...

UMA NOITE CHUVOSA E MUITA POESIA


ka100






 Maria Rita e Gaspeu
Cris, Taty e filha

Thiago & Gloria


 Manoel Ferreira


Ontem a noite, às 19h, aconteceu no Museu Histórico de Sergipe em São Cristóvão, na Praça São Francisco o RECITAL DE POESIAS "Introspecção, Poesia!", sob a Direção de Kassem e dirigido por meu amigo Guilherme e Vânia Dias. O recital foi fantástico! Thiago Fragata e Maria Glória deram um show, fiquei bastante emocionado com as performances. Ah, tivemos também a participação do ilustre poeta sancristovense Manoel Ferreira. PARABÉNS THIAGO E GLORIA PELA INICIATIVA, que venha mais recitais...

terça-feira, 19 de abril de 2011

DESENHOS: IGREJA DO ROSÁRIO DOS HOMENS PRETOS E OUTROS




Mais 04 desenhos para a mapa turístico que estamos (eu, Molina e Sandra) desenvolvendo para SEC de Cultura do Municipio...


terça-feira, 12 de abril de 2011

MINHA AMIGA DIANE VELOSO!

Sic... mais uma tentativa de colorir no photoshop. Juro que vou chegar lá.. é só uma questão de tempo

ARTES CÍNICAS

Muito bom o humor de meu irmão Luiz Clécio do Blog Artes Cínicas. Cada vez mais ácido. Parabéns. Visite o blog do cara, é 10!!! http://cleciobarroso.blogspot.com/

segunda-feira, 11 de abril de 2011

MANIFESTO PROFASC







Durante mais de vinte anos ininterruptos, a cidade de São Cristóvão foi palco de um dos festivais de artes mais importantes do país: O festival de Arte de São Cristóvão ou FASC, como também ficou conhecido, que teve a sua primeira edição realizada no ano de 1972, ocasião em que foi aguardado como o maior das comemorações do sesquicentenário da independência brasileira em solo sergipano.
O festival prosseguiu até 1993, quando foi encerrado por decisão da Universidade Federal de Sergipe, instituição que idealizou e foi responsável pela organização do evento até aquele ano. Em 1996 e 2006, por exemplo, a prefeitura de São Cristóvão tomou a iniciativa de realiza-lo, sem contudo assegurar a sua continuidade.
Durante todo o tempo de sua existência, o Festival favoreceu o intercâmbio de uma parcela importante da produção cultural sergipana e brasileira, tanto daquelas de caráter erudito, como das manifestações ligadas às culturas populares ou baseadas no imenso potencial de inspiração que estas proporcionam a poetas, teatrólogos, coreógrafos, músicos, artistas plásticos, cineastas e demais atores culturais.
O FASC também foi um espaço para a descoberta e incentivo de novos talentos artísticos, proporcionando a geração de renda para artistas, intelectuais, técnicos, produtores e para o setor de serviços e comércio, que se beneficiam dos investimentos governamentais dispendidos para a realização do evento.
Outro aspecto importante foi a divulgação positiva do estado de Sergipe em todo o território nacional, por meio do material institucional e/ou promocional distribuído principalmente para universidades federais, órgãos públicos de cultura e turismo, assim como entidades de representação de artistas e de intelectuais, grupos culturais, órgãos de comunicação etc...
Por tudo isso, a população  de São Cristóvão tem se manifestado pelo retorno do Festival de Arte, o que ocorreu especialmente por ocasião da realização das duas primeiras conferências municipais de cultura, a primeira em 2005 e a segunda em 2009 e, ainda, na formulação do diagnóstico cultural em 2010, a partir da inciativa GT – Economia da Cultura São Cristóvão (GT-Ecult), sob a liderança da Secretaria de Estado e Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, da Ciência e Tecnologia e do Turismo.
Para fortalecer esta demanda em relação a todos os atores sociais e políticos que contribuíram para o sucesso do FASC (UFS, Prefeitura e Governo do Estado, artistas, intelectuais, imprensa e empresas privadas e estatais etc.) está sendo criada uma comissão da sociedade civil, denominada PROFASC, que tem como objetivo reunir cidadãos de São Cristóvão e dos municípios adjacentes para proporem alternativas e sugestões que tornem possível a retomada da realização do FASC com a participação da comunidade, incluindo-o como evento permanente do calendário cultural de nosso Estado.


PS. Sobre a imagem que fiz agorinha para esse Manifesto: Inspirei-me na vontate guardada no peito de todos nós sancristovense, pronto pra explodir!!! Siga o coelho branco.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

VEM AI...






1º FORRÓ DO CARMELO
DIA 18/06/2011
HORÁRIO 22 H
LOCAL SALÃO SAGRADA FAMÍLIA (SÃO CRISTOVÃO/SE)
MESA R$ 50,00
INDIVIDUAL R$ 10,00
REALIZAÇÃO - CARMELO EVENTOS

Camisas para divulgação do Evento

arte digital encomenda