quinta-feira, 2 de maio de 2013

POETA MARIA GLÓRIA


Nasci em São Cristóvão primeira capital de Sergipe,me criei brincando pelas ruelas da pequena cidade,cheia de história...Comendo queijada e brincado de esconder.Nas noites de lua,ficava-mos na porta ouvindo estórias de trancoso,contadas com tanto empenho,por D. Zefinha...Talvez seja dai q aprendi a amar o dom de "contar estórias".Tinha verdadeiro fascinio, pelas rezadeiras, parteiras e contadores de motes.Que tempo lindo!!Já me sentia "Poeta"...Cresci em meio a tudo isso estudei ,sou pedagoga e fundadora e diretora da casa de folclore em São Cristóvão...É isso ai!!E os versos..Continuam povoando meus pensamentos!!!
...
Canto
Meu canto não cala
porque ha vida
vem de um
angulo
que não existe
mas insiste
porque ascende
e uma luz oculta
reforça
a energia transparente.

(MARIA GLÓRIA)